Pesquisa personalizada

domingo, 20 de abril de 2008

CONVERSANDO COM UM AMIGO

Jorge, que alegria falar contigo. Nas Fronteiras da Amizade eu sinto que só entende a profundeza duma alma pura e simples quem navega por marés de bonança, sem tempestades e tira do cofre da sua alma as palavras e gestos que confortam o coração

Um comentário:

Marcelo Torca disse...

Belas palavras! Um conceito realmente profético, diria ainda que este deveria ser um lema a ser seguido sempre, mas nem sempre é possível, a vaidade às vezes fala mais alto, até mesmo a arrogância. Mas é importante ler este parágrafo para lembrar o caminho mais correto.